são francisco

Olá! Me pediram para escrever sobre São Francisco de Assis em virtude da comemoração de seu dia! Confesso que minha intenção nas próximas linhas passará longe de informar de forma didática sobre a vida desse Santo tão importante para a nossa amada Igreja Católica. Aliás, não tenho autoridade e nem capacidade para fazer tal coisa!

O que vou tentar aqui é relatar como São Francisco entrou na minha vida e as mudanças que fez, o caminho que ele me ensinou e como fiquei apaixonado pelo seu modo de viver, procurando sempre ser o “Evangelho vivo” e gritando pelas ruas da pequena Assis: “ O Amor não é amado”.

Meu caminho de conversão passa diretamente pela descoberta da existência desse homem que viveu na Idade Média, filho de um grande comerciante que nutria em seu filho os mais altos sonhos dessa vida terrena. Filho de Pietro Bernadone e Dona Pica Bernadone, recebeu inicialmente o nome de Giovanni dado por sua mãe, porém, o pai quando chega de viagem muda imediatamente para Francesco, querendo já encaminhar o filho às ambições de nobreza e títulos. E assim Francisco foi criado até se deparar com uma doença, que o deixou acamado por vários dias…nessa doença, o próprio Jesus o foi catequizando assim como fez com São Paulo em sua “queda” do cavalo.

A partir dessa experiência com o próprio Cristo, Francisco nunca mais foi o mesmo!! Vivia pelos cantos da cidade lendo, se emocionando com os pequenos gestos de amor que Jesus lhe demonstrava. As festas, as competições, a loja de tecidos de seu pai, nada disso agora importava mais para Francisco pois ele tinha encontrado o “Grande Tesouro” e estava disposto a vender tudo o que possuía para comprar esse Tesouro!

O resultado nós sabemos: em praça pública, Francisco rompe com seu pai e nasce de novo!

Nessa nova vida, o jovem Francisco resolve viver ao pé da letra o Evangelho.

E não é que seu exemplo vivo acabou atraindo outros jovens, moças e até casais! Eles também queriam viver a simplicidade do Evangelho. E assim deu-se a criação das 3 ordens fundadas pelo próprio Francisco: A dos Frades Menores, a das Clarissas e a Ordem Franciscana Secular!

Lendo sobre sua vida e até agora, neste momento em que escrevo, meu coração se enche de um amor que não consigo explicar! Definitivamente conhecer a história de São Francisco foi o que me fez tentar seguir o caminho do Evangelho! E fico me perguntando, assim como Padre Zezinho em sua música: e se os jovens de hoje topassem com Francisco de Assis??? Teriam mil ideias de renovação? Seriam consciência do povo? Seriam mais irmãos?

Numa era em que se fala mais de diversidade do que semelhança, deveríamos voltar ao básico: Amar a Deus, a criação e os irmãos! Essa é a base da regra Franciscana….São Francisco grita isso há mais de 800 anos!!

Terminando esse texto me veio à mente a grande pergunta que a própria Santa Clara se fez ao se deparar com a nova regra de vida do antigo “bon vivant” Francesco: “Será que tenho tamanho amor por Cristo como ele??”

Paz e bem!!

4 comentários em “O poverello de Assis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s