É uma pergunta intrigante que, muitas vezes, por ausência de resposta clara e direta, pode nos levar ao comodismo.
Mas a resposta não está tão longe do nosso alcance como se possa imaginar.
Deus nos fala sempre. É só estar atento.
Deus nos fala nas Sagradas Escrituras. Deus nos fala quando silenciamos o nosso ser e ouvimos nosso coração durante a oração.
Deus falou a Moisés, e lhe disse que devemos: Amar a Deus sobre todas as coisas, não jurar seu Santo Nome em vão, guardar domingos e festas de guarda, honrar pai e mãe, não matar, não pecar contra a castidade, não furtar, não levantar falso testemunho, não desejar a mulher do próximo nem as coisas alheias.
Jesus acresceu aos dez, um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei.
E sabemos exatamente como Jesus nos amou, qual a medida deste exemplo, até onde o Amor dEle por nós O levou.
Está tudo nas Sagradas Escrituras.
Observamos como o Amor é sempre o tom predominante do diálogo de Deus para conosco.
São Francisco de Assis gritava com muita tristeza: o Amor não é amado.
São João nos ensina: Deus é Amor. Mas não se ama o que não se conhece.
O que Deus quer de nós é a observância dos mandamentos, dos ensinamentos de Jesus Cristo nos Evangelhos e que correspondamos ao Amor Infinito com que nos ama, nos amou e nunca deixará de nos amar.
Sede santos, como Vosso Pai Celeste é Santo.
“Que procures a Cristo. Que encontres a Cristo. Que ames a Cristo” (São Josemaria Escrivá).

Ana Catarina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s