vitral-de-sacc83o-miguel-e1506307150859.jpg

Conforme as Escrituras, Deus exalta os humildes e resiste aos orgulhosos.

Quem ousa desafiar Deus? Quem tem qualquer direito de se opor à Deus? Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, Deus Infinito. O que é um anjo se comparado a Vós? O que é o homem se comparado a Vós?

Deus que misteriosamente em sua grandeza se une à nossa pobreza por Amor e Misericórdia.

Nenhuma criatura tem qualquer valor se comparado ao que Deus é. Porque Deus está tão acima de nós e dos nossos pensamentos que somos infinitamente incapazes de compreendê-Lo. Só por Amor nosso coração consegue perceber e sentir a grandeza de Deus que está no céu, no mar e no infinito e, ao mesmo tempo, Ele está em nossos corações e em nossas almas porque somos imagem e semelhança dEle. Quanto mais permitirmos mais Ele se fará presente, quanto mais O buscarmos mais perto estaremos de encontra-Lo.

Foi exclamando com gritos esta Verdade que o Arcanjo Miguel venceu a batalha no céu precipitando para o inferno aquele que, embebido de orgulho e vaidade, queria se tornar como Deus.

O Apocalipse narra a história da queda do primeiro anjo seduzido pela ambição de ser como Deus. O Arcanjo Miguel reagiu reivindicando a unidade de Deus e a sua inviolabilidade com a exclamação: Quem como Deus! Grito de humildade e obediência que consta cinco vezes nas Sagradas Escrituras (Dn 10,13; 10,22; 12,1; Ap 12,7; Jd 9).

A humildade e a obediência em defesa dos direitos divinos levaram o Arcanjo Miguel a vencer o mal. O orgulho e a vaidade levaram o anjo caído à desgraça.

Em nós, devemos exaltar sempre as virtudes da humildade e obediência e lutar contra o orgulho e a vaidade que possam nos afastar de Deus.

São Miguel continua lutando contra o mal. Hoje ele defende a Igreja, a família divina formada por todos nós. É o protetor e guarda da Igreja. Príncipe dos exércitos celestes, como o próprio revela a Josué quando da tomada da cidade de Jericó: “Eu sou o chefe dos exércitos do Senhor”.

Nas Escrituras, o Senhor o constituiu nosso protetor: “Surgirá Miguel, o grande chefe, o protetor dos filhos do seu povo.” (Dn 12,1).

A devoção ao Arcanjo Miguel é muito antiga e deve sempre ser propagada pois precisamos todos do seu auxílio nas lutas diárias contra o diabo que, como um leão a rugir, procura a quem devorar. São Francisco de Assis insistiu muito nessa devoção afirmando que o arcanjo Miguel é o responsável pela apresentação das almas a Deus. Ele dizia: “cada um, para a honra do tão glorioso príncipe, deveria oferecer a Deus uma homenagem de louvor ou qualquer outro presente particular.”

Foi por São Francisco instituído o costume de se rezar de forma intensa ao Arcanjo Miguel, oferecendo-lhe penitência, no período compreendido entre a festa da Assunção de Nossa Senhora (15 de agosto) e o dia de sua festa, comemorada no dia de 29 de setembro.

Consagramos a São Miguel este espaço de evangelização, disponibilizando todo o conteúdo a partir de hoje, dia de sua festa, a todas as famílias do Brasil e do mundo. Pedimos que nos defenda sempre em todos os combates e seja o nosso refúgio contra todas as maldades e ciladas do demônio que tentem destruir esse espaço ou impedir que nele se cumpra o propósito inspirado por Deus em consonância com a vontade Divina.

Sacratíssimo coração de Jesus, tende piedade de nós!

Fonte: Devocionário a São Miguel Arcanjo – Editora Canção Nova

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s